3 de jan de 2013

Barcelona: eu vou me apaixonar!

[English version below]

Algum tempo atrás, ainda no Egito, tomei a decisão de ir à Barcelona para passar o natal e o ano novo. Como brasileiro não precisa de visto para Europa no Espaço Schengen, foi apenas comprar a passagem Cairo x Barcelona.
No dia 25 de Dezembro, 1:30 da manhã, peguei um ônibus que sai da Alexandria direto para o Aeroporto do Cairo pela bagatela de 45LE (cerca de 7 dólares). Cheguei no aeroporto cerca de 3 horas depois e peguei o ônibus interno para o meu terminal.
Meu voo era às 9 da manhã, mas atrasou por vai saber qual motivo. Na sala de embarque tinha um rapaz vestido com shorts que eu já estava invejando. Com o atraso do voo ele sentou ao meu lado e começamos a conversar.
A conversa durou até depois do desembarque quando perguntei se ele tinha algo para fazer naquele dia, já que passaria a noite em Barcelona também. Com o novo amigo de viagem, tentei encontrar um lugar pra ficar já que o meu host do Couchsurfing havia cancelado. Fui no hostel que tinha reservado para alguns dias à frente e eles me indicaram o host parceiro: Fabrizzio’s Petit Palace. Era 13 euros a noite no dormitório de 6 pessoas, muito bom.
Deixamos as malas no primeiro lugar e fomos passear até que o quarto estivesse vago para a gente no outro hostel. O meu novo amigo conhecia cada esquina de Barcelona, já que já havia morado lá. Andamos pelo Bairro Gótico, passamos por monumentos, museus, pela praia. Voltamos, pegamos as coisas e fomos para o outro Fabrizzios.
O hostel é novinho, tem 3 meses de vida. Tudo muito limpo, parece a casa da gente. Café da manhã a vontade o dia todo. Saímos para jantar e depois voltei par ao hostel. No dia seguinte meu amigo perdeu o voo, tomamos café da manhã juntos e ele foi embora. Eu tinha o dia todo sozinha em Barcelona, mas queria encontrar com algum couchsurfers.
Acabei por sair sozinha, e fui andar pela cidade como gostava de fazer sempre. No dia anterior comprei um cartão de 10 passagens chamado T-10 para metro e integrações com ônibus e etc. Sai bem abarato, menos de 10 euros, o que significa menos de 1 euro cada passagem. E ainda pode ser usado na mesma viagem por quantas pessoas quiser.
Fui aos arredores, até a Casa Battló, tirei algumas fotos, e decidi ir até o Parque de Montjuic, sem saber ao certo o que encontraria por lá. Peguei um metro até a estação Paralel e subi uma pequena ladeira que dava em um parque com uma vista linda da cidade. Continuei subindo até chegar em alguns jardins . Estava ficando tarde, e decidi desder o parque e voltar no dia seguinte para explorar mais. Passei por um jardim belíssimo, e pela lateral do Museo Nacional d’Art de Catalunya.
Peguei o metro de volta e chegando no hostel fui checar o que o Couchsurfing tinha para aquele dia. O pessoal ia se reunir em um lugar perto da La Rambla, uma das ruas principais de Barcelona, com barzinhos, lojinhas e etc. Eram uns 15 minutos andando do hostel e lá fui eu. Meio perdida encontrei alguns outros couchsurfers, bebemos umas “claras” – cerveja com limão, e comemos uns tapas.
Depois do restaurante, fomos um pequeno grupo para uma casa de salsa – que por sinal eu sou péssima ahahahha. Sem saber como dançar, e com cerveja cara, eu e o Adam decidimos caçar um lugar para tomar umas. O resultado foi meio fracasso, mas nos divertimos muito pelas ruas do bairro gótico tomando as latinhas que os ilegais vendem por 1 euro. E aí virei bananeira numa rua vazia, aproveitando Barcelona em época natalina que ninguém sai de casa.
Boa companhia, risada e etc. Os outros dias seriam ainda mais especiais!

Aconteceu em 12/2012

[English Version]

Barcelona: I’m gonna fall in love!

Some weeks ago, in Egypt, I decided to go to Barcelona to spend the Christmas and New Year. Brazilian don’t need visa to Schengen, so I just bought my ticket.
On December 25th, 1:30AM I took the bus that goes from Alexandria to Cairo directly to the airport for only 45LE (around 7 dollars). I arrived in the airport around 3 hours after and I took the internal bus to the terminal.
My flight was 9AM, but it was late, no idea why. In the room, there was a guy dressed with shorts and I was jealous. With the delay, he set by my side and we started to talk.
We talked until we arrive in Barcelona and I asked if he had some appointment in that day, since he was leaving to his city only in the day after. With my new friend, I tried to find a place to stay, because my Couchsurfing host canceled in the last week. I went to the hostel I had reservations for my last days in Barcelona and they found a place in the partner: Fabrizzio’s Petit Palace. Only 13 euros the night in a dorm for 6, good!
We dropped the bags in the first hostel and went around until the hostel had the room ready for us. The new friend new all the places cause he lived there for years. We walked around the Gothic Neighbor, passing through monuments, museums, and beach. We came back and took our stuff and left to the other Fabrizzio’s.
The hoste is brand new, only 3 months. All really clean and we feel at home, breakfast during all day included. We went to have a dinner and after I came back to the hostel. In the day after my friend lost his flight, we had breakfast together and he left. I had all day alone in Barcelona, but I wanted to meet couchsurfers.
In the end I went out alone and walked around the city like I love to do. In the day before I bought a 10 tickets card called T-10 to metro and bus. It’s cheap, less than 10 euros, so less than 1 euro/ ticket and you can use it for a group.
I walked around, went to Casa Battló, took some pictures and decided to go to Montjuic Park, without knowing exactly what I would find there. I took the metro to Paralel station and I went up a hill until find a beautiful park with an amazing view of the city. I continued going up and saw some gardens. It was a little late so I decided to come back in the day after to explore more. Crossing a beautiful garden, I saw the lateral of the Museo Nacional d’Art de Catalunya.
I took the metro back and in the hostel I checked the Couchsurfing activities for that day. The guys were planning to meet close to La Rambla, one of the most famous streets in Barcelona, with bars and stores, etc. It was 15 minutes walking from the hostel and I went. Kind of lost I met the others, drank some “claras” – beer with lemon juice -  and ate some tapas.
After the restaurant, some of us went to a salsa club – and I’m terrible dancing! Hahahahahah. Don’t knowing how to dance and with expensive beer, Adam and I decided to go out and try to find a place to drink – cheap! We had fun in the Gothic Neighborhood, drinking the 1 euro beer the illegals sell. I stood on my hands in an empty street, since in the Christmas period there aren’t people on the streets.
Good fellow, laughing etc. The others days would be even more specials!

Happened in 12/2012