5 de jan de 2013

Barcelona, te quiero!

[English version below]

No aeroporto e recebi meu amigo. Fomos direto de volta par ao centro da cidade, para deixar suas malas no Fabrizzios Guesthouse, comer o café da manhã que era liberado o dia todo e ir para a Fonte Mágica, onde ia acontecer em algumas horas um “Fountain Show”.
Chegamos do meio para o final do evento, mas valeu ver algumas águas coloridas para cima com música natalina: muito bonito.
Dormimos para aproveitar o dia seguinte que seria longo. Fomos direto para Montjuic, pois andaríamos de teleférico. Obviamente quis mostrar ao Richi os outros lugares bonitos que já havia conhecido. Fizemos a mesma rota e descobrimos que do Parque sai o teleférico com direção ao Castelo de Montjuic e o “carro férreo” que sai do parque com direção à Barceloneta.
Decidimos ir para Barceloneta, pois além de passar pela praia – apesar de estar frio – iríamos almoçar nas proximidades. Compramos o ticket para o ferry por 10 euros cada – somente ida – e aguardamos cerca de 50 minutos. Acredito que no verão fique bem lotado, e que o tempo de espera seja ainda maior. Entramos na fila, e ainda da escada que desce rumo ao “bondinho” podíamos apreciar a linda vista de Barcelona e o Mediterrâneo.
A viagem é curta, mas vale muita a pena. À frente o mar e do outro lado toda a cidade. Chegado o destino, descemos para a rua por um elevador. A praia é muito bonita e mesmo no inverno estava com bastante gente – todos empacotados. Caminhamos até o restaurante que o Rogério – pessoa querida dono do Fabrizzios –nos indicou. Após um almoço caprichado, seguimos para o Parque da Cidadela e Arco do Triunfo. Barcelona é pequena, é possível fazer tudo a pé. Caminhamos até o parque e o arco. Todos muito bonitos. Tiramos algumas fotos e seguimos para a guesthouse.
Nos preparamos para a noite que eu tanto esperava. Era dia de ir contemplar o Cirque du Soleil, meio que um sonho de criança. Eu havia comprado os ingressos um mês antes, foram cerca de 40 euros cada, com um assento razoavelmente bom. Afinal, o Palau Sant Jordi não é grande, qualquer lugar seria bom para ver o espetáculo.
Pegamos o metro até a estação Plaça de Espanya e estávamos quase atrasados. Decidimos correr, e é claro que o Richi é muito melhor nisso do que eu. E o pior é que era subida, escada o tempo todo. Cheguei sem ar, mas ao menos chegamos a tempo. Minutos depois o espetáculo começou e por algum tempo fiquei boquiaberta, ri, aproveitei. O Cirque du Soleil é tudo o que dizem e um pouco mais. Além de não perder o espírito do circo, consegue agradar qualquer pessoa. Amei!
Voltamos para o Fabrizzios e eu estava feliz e realizada. Com toda a fome do mundo fomos caçar um lugar pra comer e pra variar, são os kebabs places que ficam abertos até tarde. Comidinha pra dentro e fomos descansar para o último dia do ano de 2012!

Aconteceu em 12/2012

[English version]

Barcelona, te quiero!


In the airport I welcomed my friend. Taking the train, we went directly to Fabrizzios Guesthouse to drop his luggage, eat the breakfast that’s free the whole day and go to the Magic Fount, place of the “Fountain Show”.
Even we arrived there in the end of the event, it was possible to see some colorful water going up with Christmas songs: very beautiful.

We slept to enjoy the next long day. The place was Montjuic again to take the cable car. I really wanted to show Richi the other places I’ve been before, so we did the same rout around the park and we found out that there is the cable car that goes to Montjuic Castle and other that goes to Barceloneta.

Choosing Barceloneta cable car we would pass around the beach and have lunch nearby. So we went. The tickets were 10 euros each – one way – and we had to wait 50 minutes. I believe that during the summer it’s really crowded and much more time to wait. On the line to go, going down the stairs to take the car it’s possible to appreciate the view of Barcelona and Mediterranean.
It’s a short trip, but it worth. In front of us, the Mediterranean, on the other side the whole city. Arriving in the destination, we went down using a lift. The beach is very beautiful and even it was winter, a lot of people were enjoying the view. We had lunch in the place Rogério – the lovely guesthouse owner – indicated. After an amazing lunch, it was time to visit the Citadel Park and Triumph Arc. Barcelona is small, it’s possible to do everything walking. All places were beautiful. After some pictures, we came back to the guesthouse.
It was the night that I was most expecting: Cirque du Soleil, kind of a kid dream. I bought the ticket one month before, 40 euros each in a good place. Since Palau Sant Jordi is not so big, every place would be great to see the presentation.
By metro we went to Placa de Espanya and were almost late. We decided to run and of course Richi was much better than I! The bad things it’s to go up the stairs. I arrived without breathing properly, but at least on time. Some minutes later the presentation started and I was without words, I laughed and enjoyed. Cirque du Soleil is all people say and much more. It doesn't lose the circus spirit and all kind of people enjoy it. I loved!
I came back to Fabrizzios happy and complete. Really hungry, we went out to find a place to eat and only the kebabs places were open – like always. We ate and rested for the last day of 2012!

Happened in 12/2012