5 de mai de 2013

[25 Things] [Eat Falafel] Farafra à Bahariya: e o deserto nos conquistou.



[English version below]


A noite passou e ainda na madrugada todos decidiram ir para um lugar de água termal. Estávamos com muito frio e mesmo que a água vinda da terra chegasse à altas temperaturas, não sentimos vontade de entrar.
Naquele restinho de noite, dormimos um pouco no chão da casa do Osama, para no dia seguinte sair de Farafra para Bahariya passando pelos desertos branco e negro.
Acordamos como zumbis e seguimos para o carro. O estado do carro não era dos melhores, tivemos que esperar um tempo até vermos como iríamos. Fiquei pensando no quanto o tal primo de Kharga quis passar a perna na gente. Ele alegava que não podia baratear pois o carro não era dele... E nem carro direito tinha!

Mas eu estava muito feliz naquele dia. Ia cumprir mais uma coisa da minha lista de 25 coisas. Enfim visitaria pela primeira vez um lugar completamente inóspito. Era legal saber que esse lugar seriam dos desertos mais lindos do mundo.
Partimos então até o deserto branco. Quando entramos no deserto mal pude acreditar de tanta beleza. Uma imensidão de esculturas brancas da natureza. Valeu Deus!

Como estávamos muito cansados, praticamente só ficamos admirando as belezas. Sentada no chão mexendo na areia vi uma pedrinha bonita. Quando olhei melhor, na verdade era uma concha fossilizada. Aquele mar de areia um dia foi oceano. Me senti muito bem e feliz.
Seguimos então para o deserto negro. Não muito distante do primeiro, esse deserto era completamente diferente. Montanhas e mais montanhas cobertas com rochas negras.
Do alto de um dos morros, admirei aquela paisagem e o silêncio. Mais uma vez tive aquela sensação boa de que não existia nenhum lugar do mundo que eu gostaria de estar naquele momento.
Partimos então para Bahariya, onde tentaríamos pegar um transporte direto para Siwa.
Apesar de todo o cansaço, o coração estava tranquilo. Havia visto e entrado pela primeira vez um deserto de verdade. E sim, havia me apaixonado completamente.

Aconteceu em 01/2013

[English version]

[25 Things] [Eat Falafel] Farafra to Bahariya: falling in love with the desert

The night was passing and the people decided to go to a hot spring. We were freezing and even the water was coming from the Earth in high temperature, we did not feel like entering.
In the end of the night, we slept a little bit on Osama’s floor to go from Farafra to Bahariya in the day after, passing in the White and Black desert.
Like a zombie, we went to the car. The car was not in the best condition and we had to wait until they decided how to go. I just remembered the man in Kharga saying he could not charge less cause the car was not his… And we even had a car!
I was happy that day. I was about to complete one more thing of my 25 Things: visit an extremely inhospitable place. Was so good to know it would be two of the most beautiful deserts in the world.
We went first to the White Desert. I could not believe when the car entered in the desert, so beautiful place! Many white sculptures of the nature. Thanks God!
We were so tired so we just admired the place. Set on the ground, I saw a nice little rock. I came with the rock close to my eyes and I could see well. It was a fossilized shell. That sea of sand one day was an ocean. I felt fine, I felt happy.
The Black desert wasn’t far from the White. We continued the trip and suddenly the landscape changed completely. Hills and more hills covered with black rocks.
From the top, I admired the place and the silence. Once more I had that good feeling that there was not a place in the world I would like to be except that one.
We went to Bahariya to try to take a transportation directly to Siwa.
Even tired, my heart was peaceful. It was the first time I saw and entered in a real desert and yes, I just felt in love… Completely.

Happened in 01/2013