22 de ago de 2013

[Eat Falafel] Areia, água, sal e palmeiras: é deserto, e não praia!

[English version below]

No dia seguinte, o Ilídio queria muito – e consequentemente todos nós, pois naquela altura éramos praticamente um – ir para o deserto. Contando que era praticamente o final da nossa saga [Eat Falafel], a grana só não estava pior porque não tinha como ter pounds egípcios negativos.
Resultado: fomos a pé. Isso nos custou apenas energia e muitas horas. O mapa que tínhamos era somente do centro da Vila. Seguimos por instinto até uma das laterais do mapa, passando por casinhas com crianças gritando “hello, hello”, e chegamos a algo que parecia ser o caminho pra o deserto. Tinha bastante água ao redor.

No caminho paramos em mais umas tamareiras para pegar tâmaras fresquinhas no pé. Seguimos e chegamos a um grande “lago” de água salgada, com milhares de conchas. Ficamos catando conchinhas do deserto algum tempo até dar coragem de seguir o caminho.

Aconteceu em 01/2013

[English vesrion]

[Eat Falafel] Sand, water, salt and palms: it's desert, not beach!

The day after Ilidio really wanted – and Jess and I too, because at that time we were only one – to got to the desert. It was almost the end of [Eat Falafel] trip, and the money situation was not worst cause it’s not possible to have negative Egyptians pounds.
Result: we went walking. It cost to us only energy and a lot of hours. The map we had was only of the center of the village. Our instinct sent us in the right direction, passing in small houses with kids yelling “hello, hello!”, until we reach the point that seemed to be the way to the desert. There was a lot of water around.
On the way we stopped to catch more fresh dates from the palms. On the way we stayed at a big salt water “lake”, with thousands of shells. We stayed there catching the desert shells for a while until the renew the energy to continue the way.


Happened in 01/2013