7 de abr de 2014

San Andrés: vivendo o paraíso!

[English version below]

Acordamos cedo para ir para o aeroporto de Medellín. Estávamos ansiosas, pois era o dia de ir para San Andrés. No aeroporto encontramos um amigo de viagem que conhecemos em Cartagena, por coincidência viajaríamos no mesmo voo.
Mais uma vez voamos de Viva Colombia, eram as passagens mais baratas. Para ir para San Andrés é necessário comprar um documento chamado “tarjeta OCCRE”. Custa 48000 pesos (um pouco menos de 60 reais) e é um pequeno formulário que se compra dentro da sala de embarque e entrega na imigração na chegada de San Andrés. Existe um controle rígido do número de habitantes da ilha, e o dinheiro é revestido para a preservação do arquipélago.

Através do despegar.com, escolhemos uma pousada de um local para ficarmos, Posada Miss Centa. É uma casa simples, muito limpa e arrumada, de uma senhora chamada Vicenta, uma local de San Andrés muito simpática. A pousada fica na região de San Luis, considerada por muitos uma das mais belas da ilha. E de fato é.
Caminhamos por alguns minutos até Rocky Cay e ficamos por horas na água quentinha. É uma praia que dá para caminhar até uma grande pedra que forma uma espécie de ilha.
Na noite fomos ao centro para encontrar com outra amiga viajante que conhecemos em Cartagena. Após algumas caipirinhas e cervejinhas, voltamos para a pousada de moto taxi (eu e Iza em uma moto só! Ahahahah) para o maravilhoso segundo dia.

Aconteceu em 03/2014

[English version]

San Andrés: living the paradise!

We woke up early to go to the airport in Medellin. We were anxious because it was the day to go to San Andrés. At the airport we found a travel buddy we met in Cartagena, coincidentally would travel on the same flight.
Again we flew Viva Colombia, were the cheapest tickets. To go to San Andrés is necessary to buy a document called "tarjeta OCCRE". It costs 48000 pesos (a little less than 25 dollars) and it is a short form that you buy in the departure and show at immigration in San Andrés. There is a strict control of the number of inhabitants of the island, and the money is used to preserve the archipelago.
Through despegar.com, choose an inn to stay, Posada Miss Centa. It's a simple, very clean and tidy place, of a lady named Vicenta, a local very friendly. The “posada” is in the San Luis area, considered by many one of the most beautiful on the island. And indeed it is.
We walked for a few minutes until Rocky Cay and stayed for hours in the warm water. It is a beach that you can walk until a large stone that forms an island.
On the night we went downtown to meet another travel buddy we met in Cartagena. After a few beers and caipirinhas, we returned to the “posada” by motorcycle taxi (Iza and I on the same bike! Ahahahah) and rest for the wonderful second day.

Happened in 03/2014