23 de jul de 2015

Montañita só se for na Casa do Trasno :)

 [English version below]


Creio que não tem experiência melhor para um mochileiro do que trabalhar em um hostel. Além de poder trocar a hospedagem ou comida pelo o seu trabalho e economizar para seguir viajando por mais tempo, você tem a oportunidade de conhecer mais o lugar que está e criar um laço inesquecível. Isso aconteceu comigo em Montañita, no Equador.
Dias antes de sair da Colômbia, entrei em contato com diversos hostels dessa região para saber de algum que precisava de voluntários. Da Casa do Trasno me respondeu Maria, também brasileira que havia aberto um hostel recentemente com seu namorado espanhol, o Oscar. Como as datas de da minha viagem batiam certinho com a necessidade deles, em seguida comprei minha passagem e peguei meu ônibus rumo ao Equador.

A tarefa no hostel era muito fácil: abrir a porta de noite para o pessoal que chegasse. Como esse é um albergue de poucas camas, era muito tranquilo, até porque eu tinha uma campainha sem fio e podia dormir sem problemas.
Difícil dizer em uma só postagem essa experiência tão linda. A Casa do Trasno é um lugar maravilhoso para quem busca uma atmosfera tranquila, com muita gente maravilhosa (a começar pelos donos do hostel) e aconchego. Isso tudo pertinho do centro de Montañita e 2 minutos de caminhada da praia. Esse hostel é uma casa fora de casa e sou muito grata pelos momentos que Oscar e Maria me deram a oportunidade viver nesse lugar.

Aconteceu em 02/2015

[English version]

Montañita only if we go to Casa do Trasno

I believe there is no better experience for a backpacker than working in a hostel. You can change your work for food or your stay, save to go traveling for a longer time, and mucho more: you have the opportunity to know more the place and create an unforgettable link with the place. This happened to me in Montanita, Ecuador.
Days before leaving Colombia, I contacted several hostels of the region to find some that needed volunteers. From Casa do Trasno replied Maria, also Brazilian who had opened a newly hostel with her Spanish boyfriend, Oscar. As the date of my trip was just right with what they needed, I just bought my ticket and took my bus heading to Ecuador.
My tasks at the hostel were very easy: open the door at night for the people who arrived. It was very easy as this is a hostel with few beds and because I had a wireless doorbell and could sleep without problems.
It`s hard to tell in one post such a beautiful experience. Casa do Trasno is a wonderful place for those who are seeking a quiet atmosphere with lots of wonderful people (starting with the hostel owners) and warmth. In addition, it`s close to the center of Montañita and 2 minutes walk from the beach. This hostel is a home away from home and I am very grateful for the moments that Oscar and Maria gave me the opportunity to live in this place.

Happened in 02/2015